21 maio 2008

Tu que ai permaneces


Tu que ai permaneces
Longe, aberto para o mundo
Eu sinto-te, sim consigo sentir-te
Será que algum dia pensas-te sentir alguém assim
Não és real, és um sonho
Mas eu acredito em ti
Acredito na tua existência
Sei que um dia serás real
Não, não estou louca
Não te vou procurar
O destino nos cruzara
Não acreditas?
Porque não? eu sei que assim será…
Mesmo que me digam que não
Eu acredito na tua existência
Talvez já te conheça, talvez não…
Mas acredito que a tua alma e a minha
Um dia se uniram…
E nesse dia seremos uma só alma…
Eu serei tu e tu serás eu…

3 comentários:

Angel of Light disse...

Mais um poema muito bonito. Parabéns!

Deixo-te uma luz cheia de alegria!

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Branca disse...

Manita, apenas temos que acreditar e acontece...
Que mais dizer?!
Tu sabes que é assim...
Esse é o caminho,
não é preciso ter pressa...

Beijitos :)

Hoje não consigo dormir, vai ser giro logo ter que ir trabalhar!

Girafa cor de rosa disse...

Olá amiga! Há tanto que não te vinha visitar, mas encontrei este teu texto lindo e verdadeiro, que bom! Gostei imenso. Beijos.